29 novembro 2010

Nem eu acreditei!!

Pois é!!! Não resisti e cá estou para deixar registrado esse fato do Fe, figurassa...... A gente sempre avisa que é bom não ir pra balada em véspera de vestibular..... Nem eu acreditei!!


"Não acredito que eles não vão abrir", diz candidato atrasado para 1ª fase da Fuvest
Do Uol





O vestibulando Felipe Mota Campos, 17, chegou ao local de prova enquanto os fiscais fechavam a entrada da FEA (Faculdade de Economia e Administração). "Não acredito que eles não vão abrir", dizia o estudante que tentaria uma vaga de direito. Neste local de prova, de onde o UOL Vestibular acompanhou a chegada dos inscritos na Fuvest 2011, a porta foi fechada às 13h02, dois minutos depois do horário previsto pelo Manual do Candidato.

A Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular), que seleciona alunos para a USP (Universidade de São Paulo) e para a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa, aplicou a primeira fase do vestibular 2011 no domingo (28) para mais de 132 mil inscritos.

"Estou tranquilo porque já passei em outras faculdades [particulares], mas queria fazer Fuvest", contou Felipe. Segundo o estudante, ele perdeu a hora e acordou tarde. Por isso, ele se atrasou para a prova.

Banksy é Banksy

25 novembro 2010

Água na Oca


Doce ou salgada, abundante ou escassa, pura ou poluída, líquida ou impenetrável, a água cobre cerca de 70% do planeta e é fundamental para a garantia da vida do ser humano e de todos os outros organismos vivos. Mostrar a importância desse recurso é o grande objetivo da mostra Água na Oca, que estará aberta ao público, na Oca do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, a partir do dia 26 de novembro.
A exposição contará com uma porção de recursos audiovisuais, como obras de arte, fotografias, aquários, projeções e, até mesmo, instalações interativas, que ficarão espalhadas pelos três andares da Mostra, com a intenção de mostrar aos visitantes como a água está constantemente presente na vida de todos os seres vivos.
No subsolo da Oca, ficará a parte da exposição denominada “Desaguar”, que é dedicada às obras de arte relacionadas ao assunto “água”. Neste piso ainda serão exibidos vídeos internacionais que abordam o tema, enquanto o primeiro piso da mostra, que recebe o nome de “Mundo d’Água”, retrata os diferentes tipos de relação entre os seres vivos e a água. Entre as atrações desse andar estão uma faixa de aquários, que mostra mais de 60 tipos de peixes que vivem em sete ecossistemas diferentes, e as imagens em computação gráfica, que serão exibidas nas janelas do local, para retratar as espécies aquáticas que vivem na zona abissal, ou seja, no fundo do oceano.
A intenção é preparar o visitante para o segundo e último andar da mostra, chamado de “A Última Fronteira”, que proporcionará aos visitantes um tour, em vídeo, pelo oceano, mostrando desde os conhecidos recifes de coral até as partes mais obscuras dos nossos mares. A exposição contará, ainda, com instalações interativas, como a sala que simula o ambiente de uma casa, durante uma tempestade, que corre risco de enchentes. A ideia é alertar a população para os problemas causados pelo desrespeito à água e, ainda, sugerir ações para o uso responsável do recurso.
A exposição Água na Oca, que tem curadoria de Marcello Dantas e está sendo realizada pelo Instituto Sangari, ficará aberta ao público até o dia 8 de maio de 2011. No último domingo de cada mês, a entrada é gratuita para todos os visitantes.

Exposição Água na Oca
Data: 26 de novembro a 8 de maio de 2011
Local: Parque do Ibirapuera - Pavilhão Lucas Nogueira Garcez (Oca)
Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, Portão 3, Vila Mariana – São Paulo/SP
Valor do ingresso: R$ 20


24 novembro 2010

Salve Jorge!

Aqui vai uma homenagem pra vc Jorge, meu querido amigo gaúcho, que sempre me presenteia com sua visita ao meu blog e espalha por aí essa miscelânia que produzo aqui! Baita honra pra mim :)


23 novembro 2010

Subway Art History Project


Uma geração de grafiteiros entre 20 e 40 anos se reuniu com o intuito de renovar a arte das ruas de Nova York. Grandes painéis e muros que já estavam grafitados há alguns anos ganharam um novo visual, desta vez inspirados em grandes nomes da cultura mundial.
Dentre os locais onde a street art é mais frequente, está o Brooklyn, um dos símbolos dos grafiteiros nos anos 90.
Recentemente, os muros que sofreram intervenções no passado também foram renovados pelo novo coletivo de artistas. O conceito artístico foi o mesmo e nomes como Gandhi, “Joana of Arc” e Plato (Platão, na tradução para o português) podem ser lidos nesses locais.

Esse grupo de artistas é responsável por um novo movimento que pretende retirar das ruas 50 grafites famosos de Nova York e transformá-los em novos desenhos.
Chamado de “Subway Art History”, o projeto uniu os grafiteiros da geração antiga (quase todos, atualmente, aposentados) caracterizados por fatores incomuns, já que todos os locais que receberão os desenhos tem a autorização das empresas.

O objetivo do projeto é oferecer uma educação cultural, tanto da história do grafite, quanto sobre os nomes clássicos da história mundial que são transcritos nos paineis e muros da cidade. É um bom projeto que mescla arte urbana e a história dos grandes nomes responsáveis por revoluções históricas no mundo.

Para visualizar os novos desenhos que já foram aplicados nas ruas de Nova York, acesse a
galeria de fotos do jornal americano The New York Times.

17 novembro 2010

UMAPAZ homenageia Leon Tolstoi



No dia 19 de novembro, às 14h, a Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cultura de Paz homenageia o escritor russo Leon Tolstoi, um dos maiores de todos os tempos. 
Tolstoi se junta assim a Mahatma Gandhi, Irmãos Villas-Bôas, Chico Mendes, Nelson Mandela, entre outras personalidades que foram homenageadas pela Universidade por contribuírem para o desenvolvimento sustentável, a promoção da diversidade e o reconhecimento das diferenças, modos de vida, crenças, valores, comportamentos, e para a construção da cultura de paz. 
Também conhecido como Liev Tolstói, ou Leão Tolstoi ou Leo Tolstoy, Lev Nikoláievich Tolstói nasceu em 9 de setembro de 1828. 
É considerado um dos maiores escritores de todos os tempos. Além de sua fama como escritor, Tolstoi ficou famoso por tornar-se, na velhice, um pacifista, cujos textos e idéias batiam de frente com as igrejas e governos, pregando uma vida simples e em proximidade à natureza. Junto a Dostoiévski, Gorki e Tchecov, foi um dos grandes da literatura russa do século XIX. 
Suas obras mais famosas são Guerra e Paz, sobre as campanhas de Napoleão na Rússia, e Anna Karenina, onde denuncia o ambiente hipócrita da época e realiza um dos retratos femininos mais profundos e sugestivos da Literatura.

"A mulher é uma substância tal, que, por mais que a estudes, sempre encontrarás nela alguma coisa totalmente nova" Leon Tolstoi

Serviço
Galeria de Retrato homenageia Leon Tolstoi
Data: 19 de novembro
Horário: 14h
Local: Av. IV. Centenário, 1268 - Portão 7A - UMAPAZ (Parque Ibirapuera) - São Paulo - SP
Informações: 11-5572-1004

10 novembro 2010

Que tal fazer algo diferente este ano no Natal?

Sim ... Natal ... daqui a pouco ele chega.....
Que tal ir a uma Agência dos Correios e pegar uma das 17 milhões de cartinhas de crianças pobres e ser o Papai ou Mamãe Noel delas?
Há a informação de que tem pedidos inacreditáveis. Tem criança pedindo um panetone, uma blusa de frio, um livro, brinquedos, etc...  É uma idéia.
É só pegar a carta e entregar o presente numa Agência dos Correios até dia 20 de Dezembro.
O próprio correio se encarrega de fazer a entrega.

"Na vida, a gente passa por 3 fases:
- a primeira, quando acreditamos no Papai Noel,
- a segunda, quando deixamos de acreditar e,
- a terceira, quando nos tornamos Papai Noel"

Para incentivar a leitura... basta esquecer um livro!

 Recebi de um amigo no twitter esse post e achei fantástica essa idéia! Repasso o conteúdo publicado no blog da Tatiana Kielberman!
Esquecer um livro? Como assim?

É isso mesmo... Fiquei sabendo da iniciativa pelo blog Entre Marés, da Suzana Martins, mas a idéia partiu do blog  Tantos Caminhos e foi divulgada, também, pela Luz de Luma
O objetivo é espalhar o gosto pela leitura aos quatro ventos e eu, como sincera amante dos livros, não poderia ficar de fora!
Esqueci meu livro na catraca de entrada do meu trabalho e a obra escolhida foi "A busca do significado", de Joseph Fabry. A leitura e releitura me proporcionou muitas descobertas, três anos atrás...


O livro resume e torna clara a logoterapia - técnica para restaurar e manter a saúde mental. Encoraja as pessoas a descobrirem o verdadeiro sentido da vida, a construírem uma imagem realista de si mesmas e descobrirem o poder criativo que existe dentro de cada um. 
Uma inteligente mescla de religião, psicologia e autoconhecimento!
Coloquei um bilhetinho dentro do livro, dizendo que ele foi esquecido de propósito... Desejo, de coração, que a pessoa que o encontre faça tão bom proveito quanto eu!

Parabéns aos idealizadores pela iniciativa!!

"A leitura de um bom livro é um diálogo incessante: o livro fala e a alma responde.

(André Maurois)

03 novembro 2010

Oficina Brennand

Uma das coisas mais lindas que já vi! Tive o prazer de conhecer Francisco Brennand, saber da sua história contada por ele mesmo e ver suas obras! Um bálsamo que aguça os sentidos!


 Clique aqui para saber mais sobre Francisco Brennand, suas obras e história.